Arquivo: Ano de 2006

Participação Brasileira no III Congresso Mundial



Clique na imagem para amplia-la.


III Congresso Mundial dos Salesianos Cooperadores


Em Novembro de 2006, aconteceu o III Congresso Mundial na Casa Geral num clima de muita alegria, confraternização e principalmente de espiritualidade. Com a finalidade de aprovar o texto final dos Estatutos e Regulamentos para a Associação.

Estes, após a aprovação da Assembléia Geral foram encaminhados aos Conselhos Gerais dos SDB e FMA e à Sé Apostólica. O próximo passo é a vivência "ad experimentum"  do texto por todos os Salesianos Cooperadores para posterior aprovação final.

   


DEPOIMENTOS DE ALGUNS DOS
PARTICIPANTES BRASILEIROS
NO III CONGRESSO MUNDIAL DOS SSCC

P. Osmar Bezutte- sdb – Delegado Provincial BCG
A oportunidade de celebrar com outros irmãos de outras línguas, às vezes até incompreensíveis para nós, nos faz sentir bem presente e real o espírito de comunhão com que Dom Bosco sonhava e nos faz perceber que as dificuldades locais que possamos sentir podem ser superadas pela força da oração que nasce no coração desta Associação que se faz presente no mundo inteiro.


Ir. Ilka Périllier – fma – Delegada Nacional para os SSCC
Vivemos uma ocasião única – para mim – com leigos e leigas comprometidos com o carisma salesiano. Foi entusiasmante! Sentimos a unidade da família, pois sem nos conhecermos pudemos perceber o sentido de pertença existente nos 5 continentes e reafirmamos com fé a atualidade do sistema preventivo com suas diferentes manifestações culturais, mas com idênticas manifestações do genuíno espírito salesiano.

Juntos estamos aprovando o novo Projeto de Vida Apostólico (PVA), resta-nos assumi-lo pessoalmente, vivê-lo intensamente, para testemunhá-lo com a vida, contaminando todos que ficaram em seus Centros Locais e Provinciais – renovando nossa Associação. Confiemos na bondade do Senhor e com Maria sempre presente repitamos: “Salesianos Cooperadores, chegou a hora!” e Dom Bosco conta conosco.

Elenara da S.A Schatzmann – Formadora provincial BPA
Estamos vivendo um momento histórico. Certamente Dom Bosco está muito feliz!
A Associação se coloca numa situação de desafio perante as novas realidades sócio-político-econômicos e religiosas, em viver concretamente o sonho de Dom Bosco. A Assembléia reunida nestes dias demonstrou estar em sintonia com este sonho, presente na alegria, nas manifestações dos encontros pessoais, no anseio de perceber as diversas realidades e experiências apostólicas vividas pelas províncias espalhadas pelo mundo.

Sentimos que muito depende dos salesianos cooperadores nos campos da comunhão , autonomia e missão, mas que possamos compartilhar com os consagrados sdb/fma e sentindo este clamor, vivê-los com igual intensidade e viver plenamente em família.


I
r. Antonio Carlos Martins – sdb – Delegado Nacional para os SSCC
Senti muito forte nestes dias o “Ritorno a Don Bosco” de que nos fala o Reitor-Mor, P. Pascual Chávez. Quando chegamos na “cascina” dos Móglia e em Capriglio, o coração bateu mais forte. Realmente, Mamãe Margarida “era uma santa”, como disse Dom Bosco minutos depois que ela partiu para a eternidade. Juntos vivemos momentos emocionantes, deslumbrantes nos lugares salesianos por onde passamos e rezamos. O espírito de Dom bosco e de Madre Mazzarello está bem vivo no mundo. Que dupla fantástica! Que herança herdamos! O 3º. Congresso Mundial da Associação dos Salesianos Cooperadores do qual participamos, assina embaixo: A Assembléia aprova.


SC Leila Maria Silva Castro – Coordenadora Provincial BBH e SC Beatriz Mateus Pereira – Formadora Provincial BBH
“Somos Dom Bosco que caminha”. A visita aos lugares salesianos e a participação no 3º. Congresso Mundial dos Salesianos Cooperadores evidencia com profundo vigor este caminho trilhado por nossa Associação e pessoalmente, por cada um de nós. Pessoalmente vivemos momentos de profunda emoção. O coração tantas vezes pareceu-nos pequeno! Estivemos em Valdocco e rememoramos a luta de Dom Bosco e Mamãe Margarida, em favor dos jovens que os consumiu até o último suspiro. Passamos pelo Colle Dom Bosco para realimentarmos os sonhos. Fomos a Valponasca buscar o lugar de amadurecimento de Madre Mazzarello. Reanimados na fé pela luta e missão salesianas, movidos pelos sonhos do pai e também pelos nossos, imbuídos do anseio da maturidade de Mazzarello partimos para Roma. Antes da abertura do Congresso ainda estivemos no Sacro Cuore, ícone da luta que consome a vida e confere sentido a existência. Nesta igreja, cuja construção custou tanto a Dom Bosco ele declara enfim ter entendido tudo. Iniciamos os trabalhos no Congresso com o desejo de que nosso Projeto de Vida Apostólico, fruto de um trabalho intenso que durou 6 anos e que até a data da aprovação pela Santa Sé alcançará quase 7 anos, seja a expressão do nosso compromisso apostólico e no cotidiano de casa Salesiano Cooperador faça valer a existência.

As primeiras atividades evidenciaram a aparente “Torre de Babel” vivida por nós. Tantos idiomas. Logo, fez-se perceber a ação do Santo Espírito trazendo unidade na diversidade. A alegria e a riqueza litúrgica de nossas celebrações. Que dias especiais! Por fim arriscaria dizer para muitos de nós e de modo especial para os membros do Conselho Mundial: - está erquido nosso “Sacro Cuore”... o novo Projeto de Vida Apostólica.


SC Elza Demarchi Mengarda–Coordenadora Provincial BPA e SC Glória Milano –BPA
Toda a história que já conhecíamos sobre nossos fundadores através dos livros, estudos diversos, filmes e ainda relatos de quem havia passado por aqui, nada se compara a emoção de viver a experiência pisando nos lugares onde tudo começou... Ao constatarmos pessoalmente a grandiosidade desta obra que teve seu início em meio às grandes dificuldades de seu tempo, percebemos o quão pouco fazemos. É preciso repensar o compromisso assumido com o carisma de Dom Bosco.


SC Roberto Carvalho – Formador Provincial BMA
Vivenciar uma experiência de vida numa região inóspita como Dom Bosco, tinha que ser um homem santo. Antes de sair de Manaus, disse ao P. João Carlos Isoardi, até que em fim vou conhecer as nossas origens de vida salesiana. Quanta emoção, quantas reflexões e também um momento para olharmos para o futuro da nossa Associação. Percorrendo e conhecendo detalhadamente os caminhos vivenciados dia-após-dia, faz com que possamos ser mais agradecidos e lutarmos ainda mais para que o “sonho” seja uma realidade no compromisso assumido no túmulo de Pedro no Vaticano.

Que Dom Bosco fortaleça a nossa Associação e não sejamos apenas mais um na Igreja de Cristo. Sejamos fortes e aguerridos com a nossa vocação, como o foi ao atender e obedecer ao chamado do Papa para erigir o Santuário do Sagrado Coração de Jesus. Para os nossos amigos e irmãos Cooperadores que ficaram no Brasil, obrigado pela ajuda e orações. Que Maria Auxiliadora continue a nos proteger. A Dom Bosco, Mazzarello, Domingos Sávio nos ajude a promover com mais dedicação e sabedoria os nossos Centros Locais, Provinciais e o nosso envolvimento nos destinos de nossa Igreja.


SC Neide Paula de Miranda Carvalho – Coordenadora Provincial BMA
Foi muito emocionante ao conhecer e percorrer os lugares por onde tudo começou, porém a emoção maior foi a visita no “Sacro Cuore”, na explicação do salesiano que nos acompanhou, ao falar no topo daquela escada onde Dom Bosco foi questionado do porque havia chorado na eucaristia. Para mim, foi muito presente a imagem de Dom Bosco, consumido, cansado, com suas forças gastas naqueles 7 anos, fazendo aquilo em que acreditava e ver no fim tudo realizado, me senti pequena por ver que sempre reclamamos na pequena dificuldade, levo comigo uma lição que para conseguir realizarmos o que queremos, basta ter coragem e força de vontade.


SALESIANOS COOPERADORES: CHEGOU A HORA!

SC Carlos R. Minozzi - Coordenador Provincial BSP

Esse é o tema do VIII Congresso Nacional dos Salesianos Cooperadores. No meio da ansiedade e expectativa pelo próprio, talvez fosse o caso de dar uma parada e nos perguntar: chegou a hora do que mesmo? Estamos a um passo da promulgação de nosso Projeto de Vida Apostólica. Será que se refere a isso a pergunta?

Tivemos uma caminhada fecunda nos últimos tempos; realizamos na Inspetoria de São Paulo o I Encontro Inspetorial de Delegados e Delegadas, com um resultado muito feliz. Conseguimos terminar nosso recenseamento de forma a saber quantos somos na Associação. Toda conquista representa um compromisso adicional. Será que é a esse momento que vivemos que se refere a pergunta? Temos estado esperando e buscando nossa autonomia com a comunhão dos outros grupos da Família Salesiana. Será que chegou a hora dela se concretizar?

Afinal, que hora chegou?

Penso que chegou a hora de cada um de nós, Salesianos(as) Cooperadores(as) e de toda a Associação como tal, definir claramente, diante do desafio de viver “ad-experimentum” um novo Projeto de Vida, o que faremos com aquele compromisso que um dia proferimos publicamente, declarando nossa vocação salesiana, que é a de, assim como nosso Pai e Mestre, “viver até o último suspiro” pela juventude, principalmente a mais necessitada. Chegou a hora de realizar nossos sonhos de autonomia, organização, apostolado, com o apoio e comunhão de nossos(as) irmãos(as) Salesianos de Dom Bosco e Filhas de Maria Auxiliadora.

Penso que chegou a hora de transformar a Carta da Missão e a Carta da Comunhão, dos antecessores de Pe. Pascual Chávez, em mais que um texto bonito. Transformá-las em vida cotidiana dentro da Família Salesiana, para que seus efeitos se façam sentir em todos os ambientes, mesmo e principalmente os externos à essa Família. A ansiedade pelo início do Congresso é grande e a expectativa talvez seja maior, pois ao se iniciar o Congresso, a ansiedade certamente se transformará em grande alegria, mas a expectativa, para se realizar, depende de nossa ação posterior ao Congresso.

Convido a todos a fazer deste evento, um momento de conversão de vida, assumindo radicalmente nossa vocação salesiana, transformando assim nossa Associação em algo capaz de ser sinal visível do amor de Deus para com os jovens.

Que Dom Bosco e Nossa Senhora Auxiliadora realizem isto em nós.


VII CONGRESSO NACIONAL DOS
SALESIANOS COOPERADORES

De 20 a 23 de Julho de 2006, aconteceu em São Paulo ( Liceu Coração de Jesus ), num clima de muita alegria, confraternização e Espiritualidade.

Estiveram presentes os Delegados Mundiais para a Associação vindos de Roma:
Padre Stjepan Bolkovak ( sdb ) e Ir. Maria Trigila ( fma ).
Também esteve presente na abertura do Cogresso a Ir. Maria de los Angeles Contreras que é a Conselheira Geral para a Família Salesiana ( fma ).



Veja as edições anteriores

2008
Mar
Abr
Mai
Jun
Jul
Ago
Set
Out
Nov
Dez

® 2008 Salesianos Cooperadores Brasil - © Todos os direitos reservados

 

secretaria@salesianoscooperadores.org
formacao@salesianoscooperadores.org
administracao@salesianoscooperadores.org
giseldafigueiredo@hotmail.com
migueis04@uol.com.br
robertovieira_nunes@hotmail.com
delegada_fma@salesianoscooperadores.org
delegado_sdb@salesianoscooperadores.org
sscc@salesianoscooperadores.org



Conselho Mundial
SDB Casa Geral
FMA Casa Geral
Vaticano
CNBB
União pela Vida
Ex-Alunos Mundial
 
 
 
         



Alto da página




Brulars e Schatzmann