Arquivo: Junho 2010  
 

 

MÃE DOS PADRES

 

A alegria de ser salesiano está inserida na alegria do ser cristão. O que faz a diferença é a especificidade do carisma e da espiritualidade. Ilustra muito bem a entrevista.

A entrevistada é a Salesiana Cooperadora Therezinha Muzzi Biaggi, de cuja Formação Inicial, como muita honra, prazer e alegria, pude partilhar, menciona o SC Antônio Rodrigues (BSP).

Com ela muito mais aprendi que ensinei.

Transmito, pois, na íntegra, o trabalho, tão feliz e oportuno, da repórter Daya Lima do Informativo Santa Teresinha em Ação:

LEIA A ENTREVISTA CLICANDO NO LINK: Mãe dos Padres


14º ENCONTRO PROVINCIAL DE FORMADORES


No sábado dia dezenove de junho aconteceu em Joinville, na Comunidade Nossa Senhora Aparecida, da Paróquia Santo Antônio, o 14º Encontro de Formadores dos SSCC.

Este encontro teve como objetivo retomar o Projeto de Formação Continuada dos Salesianos Cooperadores. Com a assessoria do SC Luiz Marcos Schatzmann (Formador Provincial), foi realizado o estudo dos temas a serem trabalhados no desenvolvimento do Programa de Formação Continuada na Província BPA. Cada formador irá trabalhar em seus Centros Locais uma revisão dos temas propostos e que possibilitará a atualização do Projeto e a definição do itinerário no próximo Encontro dos Formadores.

Neste dia também foi estudada a Vida do Padre Miguel Rua, primeiro sucessor de Dom Bosco e que está sendo lembrado na Estréia deste ano.

”Foi um dia de alegre convivência com os Salesianos Cooperadores vindos do Paraná, Rio Grande do Sul, e outras cidades de Santa Catarina.” afirma a SC Lygia Mara Jaques do Centro Local de Joinville/SC. 

“A Profundidade, clareza e familiaridade no convívio são fundamentais para o fortalecimento da Associação”,   reforça a SC Glória Maria Milano, Coordenadora Provincial BPA.




DON EGÍDIO VIGANÒ
(1920 – 1995)

Reitor-Mor de 1977 a 1995

Natural de Lombardia, mas profundamente radicado na cultura latino-americana pela longa permanência no Chile (1939 – 1971). Consolidado em significativas tradições culturais e numa boa escola teológica (em que foi também docente), participou do Concílio Vaticano II como perito, contribuindo com o rigor científico e também com as experiências pastorais e educativas vividas na América Latina.

Como superior geral de uma relevante instituição religiosa e de várias outras “associações” em conexão, foi particularmente atento aos problemas do mundo e do terceiro mundo.
De modo organizado partilhou o Pão do Concílio com seus irmãos mediante precisas “cartas” formuladas como propostas de vida (na Igreja e para a Igreja), com o carisma de Dom Bosco.

Manteve-se sempre em dia, com a participação nas mais importantes assembléias eclesiais  (em Medellín, Puebla e Roma em vários sínodos), e como presidente da União dos Superiores Gerais (USG). Pelo Papa João Paulo II foi designado com outros dois Superiores Gerais (o Beneditono e o Jesuíta) como membro do Sínodo extraordinário no XX aniversário do Concílio.

Por estas e outras notáveis experiências e benemerências, o reitorado do Pe. Egidio Víganó acentuou na Família Salesiana aquele “sentire cum Ecclesia” e aquela fidelidade ao Papa que, em Dom Bosco, foram notas características e imprescindíveis. Tudo isso, ao mesmo tempo, impulsionou no parâmetro eclesial a atualização “na fidelidade” à qual é chamada a Família Salesiana no limiar do Terceiro Milênio.

O Papa o nomeou Consultor do Pontifício Conselho para os Leigos, da Congregação dos Institutos de Vida Consagrada e das Sociedades de Vida Apostólica.
Foi também membro da Congregação para a Evangelização dos Povos, da sessão preparatória do Sínodo dos Bispos para a Europa, a da Comissão Interdicasterial permanente para uma adequada distribuição do Clero.

Por dois anos foi também presidente da União dos Superiores Gerais (USG).
Como membro nomeado pelo Papa, participou dos 6 Sínodos dos Bispos, celebrados em Roma de 1980 a 1994. Participou também de especiais reuniões no Vaticano (1981 – 1982) com Cardeais, Bispos e Superiores Gerais, para tratar de problemas da América Central.
Em 1983 participou dos diálogos dos superiores gerais com o Papa, sobre os problemas e as perspectivas da Vida Religiosa na Igreja. Em 1986 foi convidado para pregar os exercícios espirituais para o Papa e a Cúria Romana. Colaborou particularmente no último Sínodo sobre Vida Consagrada.

Vitimado por um tumor, passou seus últimos meses no sofrimento.
O Pe. Viganó será também lembrado como apreciado autor de inúmeras publicações de caráter teológico e espiritual


SÃO JOSÉ CAFASSO


Cafasso era de família abastada do povo e Bosco provinha de uma família humilde e absolutamente pobre. Foi em sua humildade, o maior amigo e benfeitor de São João Bosco e, de muitos seminaristas pobres e um dos melhores formadores de sacerdotes do século XIX. Nasceu 4 anos antes de Dom Bosco e na mesma cidade em que Dom Bosco nasceu. Desde criança sobressaiu-se por sua grande inclinação à piedade e a compartilhar ajudas aos pobres. No ano de 1827, sendo são José Cafasso seminarista encontrou-se pela primeira vez com João Bosco.

Após ordenar-se como sacerdote, com a idade de 21 anos, o santo viajou a Turim, para aperfeiçoar seus estudos no instituto "O Convictorio". Suas habilidades estudantis foram premiadas ao ser nomeado como professor da instituição acadêmica, e em seguida, como reitor durante doze anos. São José Cafasso formou mais de cem sacerdotes em Turim, e entre suas alunos teve vários santos. Era professor de Teologia Moral em Turim. Foi mestre e diretor espiritual de São João Bosco. Deu excelente formação moral ao Clero piemontês, de acordo com a boa escola de São Francisco de Sales e Santo Afonso de Ligório. Turim, que era a capital do reino de Sabóia, as presídios estavam cheios de terríveis criminosos, abandonados por todos. Contudo, São José Cafasso decidiu evangelizar esse local, e com a infinita paciência e amabilidade foi ganhando os presos um a um, fazendo-os confessar-se e começar uma vida santa. Além disso, o santo acompanhou até a forca a mais de 68 condenados à morte, e ainda que haviam sido terríveis criminosos, nem um faleceu sem confessar-se e arrepender-se.

A primeira qualidade que todos notavam neste santo era "o dom de conselho", qualidade que o Espírito Santo lhe havia dado para saber aconselhar o que mais lhe convinha a cada um.

Outra grande qualidade que o fez muito popular foi sua calma e serenidade. Encurvado (desde jovem) e pequeno de estatura, porém na face sempre uma sorriso amável. Sua voz sonora, e encantadora, e sua conversa irradiava uma alegria contagiosa. Faleceu um sábado.

Deixou em testamento os poucos bens que possuía a seus amigos São João Bosco e São José Benedito Cottolengo. Sua oração fúnebre a fez seu discípulo preferido: São João Bosco. Antes de morrer escreveu esta estrofe: "Não será morte e sim um doce sono para ti, alma minha, se ao morrer te assiste Jesus, e te recebe a Virgem Maria". Foi canonizado pelo Papa Pio XII em 1947.


CONHECENDO DOM BOSCO

MOMENTO HISTÓRICO (1)


Retrato de Dom Bosco. Pintura a óleo da autoria de Gaidano (1889) apresentada no Livro de Leonardo Von Matt (fotógrafo em Buochs/Suiça) que tirou inúmeras fotografias em 1963 e com os escritos de Henri Bosco (Nice/França) compuseram o livro biográfico (acima).

Grupo de casas em Becchi, vista da Serra de Buttigliera. Um campanário aponta para o alto, por cima das árvores. É o da capela de Becchi, construída pelos Salesianos.
( Foto do Livro: Don Bosco. Von Matte, Leonardo e Bosco, Henri, Escola Gráfica Salesiana de Turim, 1965, p.9)


CONVOCAÇÃO
AOS COORDENADORES PROVINCIAIS
DA REGIÃO BRASIL

Convoco todos os Coordenadores Provinciais para participarem de reunião extraordinária a ser realizada no dia 17 e 18 de julho de 2010 na Cidade de Campo Grande-MS.

Sugestão de pauta pelos coordenadores deverá ser enviada até o dia 10 de julho de 2010. Trataremos também sobre o nosso Congresso Nacional e Decisões Administrativas de Governo com os Coordenadores Provinciais.

Conto com a vocação e orações de todos os Salesianos Cooperadores do Brasil e que a essa leem.

Salesianamente,

SC Lincoln Cézar Melo Godoeng Costa
Conselheiro Regiao Brasil


ENCONTRO DOS CONSELHOS PROVINCIAIS DOS SALESIANOS COOPERADORES
DA REGIÃO INTERAMÉRICA

Os Conselhos Provinciais dos SSCC da Região Interamérica reuniram-se pela primeira vez na Cidade do México. Presente ao encontro, realizado de 27 a 30 de maio, o Delegado mundial dos Salesianos Cooperadores, P. Stjepan Bolkovac.

“Com uma Associação organizada vivamos um Carisma e uma Vocação  comuns”: este o lema que orientou os trabalhos dos Conselhos inspetoriais dos Salesianos Cooperadores da Interamérica, os quais, hóspedes da Inspetoria salesiana do México-México (MEM), celebraram o seu primeiro encontro regional.

Presentes os delegados do Canadá, Estados Unidos, Porto Rico, República Dominicana, El Salvador, Guatemala, Costa Rica, Nicarágua, Haiti, e das duas Provincias Mexicanas.

Abriu-se o encontro na Eucaristia, que foi presidida pelo P. Miguel Aguilar, Inspetor de MEM, e concelebrada pelo P. Stjepan Bolkovac, P. Alejandro Zepeda, Delegado Regional, P. Romeo Trottier, Delegado do Canadá, e P. Jean Robín, Delegado do Haiti.

Depois das boas-vindas de SC José Luis Cortés, seguiu-se a fala do P. Aguilar; das Ir. Beatriz Muñoz e Ir. Marina Nieto, respectivamente inspetoras das FMA do México norte e sul; do P. Bolkovac; e do SC Herman López.

Os membros dos vários Conselhos refletiram sobre o regulamento da Secretaria Executiva Regional (SER), o Diretório e as linhas de ação da Região Interamérica, as orientações mundiais e o art. 34 do Estatuto do Projeto de Vida Apostólico (PVA). E sobre a solidariedade econômica. Na ocasião foi apresentado também o sítio em construção da região, instrumento que facilitará as comunicações e a partilha de conteúdos entre os SSCC.

Para o futuro os SSCC assumiram o empenho de estudar os documentos sobre a identidade de cada centro, desenvolver o Diretório local, determinar as respectivas linhas de ação.

O encontro encerrou-se domingo, 30 de maio, na Eucaristia presidida pelo Cardeal Norberto Rivera, Arcebispo Primaz do México, e concelebrada pelo P. Aguilar e Sacerdotes salesianos presentes.

(ANS – Cidade do México)

 

 
 



® 2006 Salesianos Cooperadores Brasil - © Todos os direitos reservados

 
     
CONSULTA REGIÃO BRASIL
Secretaria Executiva Regional
secretaria@salesianoscooperadores.org
administracao@salesianoscooperadores.org
formacao@salesianoscooperadores.org
delegada_fma@salesianoscooperadores.org
delegado_sdb@salesianoscooperadores.org
Coordenadores Provinciais
coordenacao_bre@salesianoscooperadores.org
coordenacao_bbh@salesianoscooperadores.org
coordenacao_bsp@salesianoscooperadores.org
coordenacao_bpa@salesianoscooperadores.org
coordenacao_bcg@salesianoscooperadores.org
coordenacao_bma@salesianoscooperadores.org
sscc@salesianoscooperadores.org



Conselho Mundial
SDB Casa Geral
FMA Casa Geral
Vaticano
CNBB
União pela Vida
Ex-Alunos Mundial
 
         
www.sdb.org www.sdb.org/cooperatori